Total de visualizações de página

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Professores de universidades federais anunciam greve



Pelo menos dez instituições terão paralisação, de acordo com associação.
Greve será por tempo indeterminado, segundo a Andes.

Do G1, em São Paulo
Professores de pelo menos dez universidades federais prometem iniciar uma greve por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira (16), segundo a Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (Andes).
A paralisação pode comprometer as aulas nas seguintes instituições federais: Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal do Piauí (UFPI), Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Universidade Federal Fluminense (UFF) e Universidade Federal do Paraná (UFPR).
No Distrito Federal, os professores da Universidade de Brasília (UnB) aprovaram um indicativo de greve durante assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (16). Os professores vão fazer nova assembleia na sexta-feira (18) e, se aprovada, a greve deve começar a partir de terça-feira (22).
A categoria pleiteia carreira única com incorporação das gratificações em 13 níveis remuneratórios, variação de 5% entre níveis a partir do piso para regime de 20 horas correspondente ao salário mínimo do Dieese (atualmente calculado em R$ 2.329,35), e percentuais de acréscimo relativos à titulação e ao regime de trabalho.
Ainda segundo a Andes, alguns institutos federais de ensino superior poderão aderir ao movimento na segunda-feira (21).
O Ministério da Educação diz que não vai se manifestar sobre o anúncio de greve
fonte:http://g1.globo.com/vestibular-e-educacao/noticia/2012/05/professores-de-universidades-federais-anunciam-greve.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado